Banco de sementes

A semente é fonte de vida e foi cuidada, adaptada e selecionada num processo coletivo, durante muitas gerações pelos povos. O que possibilitou seu constante desenvolvimento. Não é justo que aconteça nos dias atuais esse grande processo orquestrado pelas multinacionais de oligopolização das sementes através das sementes transgênicas.

O Brasil é o maior produtor de sementes geneticamente modificadas, atrás apenas dos EUA. Por isso, é missão dos camponeses e camponesas manter a continuidade das sementes crioulas, garantindo que a sementes sejam patrimônio do povo, que continue gerando vida, biodiversidade e a soberania alimentar.

Pensando em maneiras de contribuir nesse processo com a livre troca de experiencias, criamos aqui nesse espaço um documento de socialização das sementes reproduzidas palas camponesas e camponeses da Rede Bem Viver.

OIP (1)_edited.jpg