top of page

PAT realiza entrega de 15 kits para implantação de unidades de referência em agroecologia

Na última terça-feira, dia 15 de março de 2022, foi realizado evento de entrega de equipamentos e insumos para desenvolvimento e fortalecimento de 15 unidades unidades de referência em agroecologia, para famílias de agricultores participantes do Plano de Ação Territorial de Agroecologia Território Norte do Espírito Santo. A ação é integrada ao projeto “Agroecologia Multiplicando Saberes, Produzindo Vida”, que é uma parceria Banco Do Nordeste (via FUNDECI) com realização pela FUNDAGRES e INCAPER. A ação foi realizada no Sindicato dos trabalhadores Rurais de Nova Venécia.


Seguindo a tradição de eventos agroecológicos, a agenda teve início com um momento místico de muita cantoria, com músicas que ecoaram um sentimento de pertencimento e cuidado com a terra e a natureza, seguida de composição de mesa com a presença de diversos parceiros. É importante destacar que nas falas da mesa de abertura, houve grande atenção a importância de enraizamento da agroecologia no território, pois municípios como o de Nova Venécia (anfitrião do evento), é reconhecido em outras partes do Estado como um forte polo de agroecologia, mas não se reverbera dentre de seus limites geográficos. Outra questão de chamou bastante atenção é o fato de haver necessidade de acampamento da agroecologia pelo poder público em nível de município, responsável por dinamizar ações de enfrentamento as mudanças climáticas, cuidado com pessoas em situação de vulnerabilidade e desenvolvimento sustentável.



Na palestra sobre a “importância da Agroecologia e a produção de alimentos no território norte”, foi pontuado pelos representantes do MPA a relevância de retomar práticas associativistas tradicionais, como o trabalho de mutirão, visitações as propriedades, a construção de uma rede comunitária que consiga expressar os signos da agroecologia que rompam com práticas de financeirização extrema da agricultura e desta forma reduza ao máximo possível a dependência de insumos externos.

Após a realização da palestra foi apresentado por Sonia Lucia (representante do Banco do Nordeste) o contexto do Programa de Desenvolvimento Territorial e o conjunto de ações realizadas, como Dias Especiais (dias específicos de trocas de saberes em agroecologia), acesso ao crédito por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), dentre eles, um projeto de implantação de uma unidade de produção de energia solar (São Mateus) e duas unidades agroindustriais de processamento de leite (Barra de São Francisco e Nova Venécia).

Seguido deste momento, o Sr. Moises Marré (Incaper) apresentou o projeto “Agroecologia Multiplicando Saberes, Produzindo Vida”, que envolve o conjunto de stakeholders no contexto da agroecologia no território e seus compromissos com a sustentação do projeto a curto, médio e longo prazo, assim como nos seus desdobramentos. Destaca-se que o projeto atende diretamente 85 famílias do Território Norte do Espírito Santo e indiretamente 300 famílias também do Território Norte do Espírito Santo.

As unidades de referência tem por objetivo, contribuir para construção do conhecimento agroecológico, dinamização da agroecologia no território com tecnologias apropriadas a realidade local. A saber, as unidades de referência são:

  • 01 unidade de produção de biofertilizantes;

  • 01 unidade de banco de sementes e variedades crioulas;

  • 02 unidades de sistemas agroflorestais;

  • 02 unidades de experimentação agroecológica participativa;

  • 01 unidade de sistema silviopastoril;

  • 02 unidades de recuperação de nascente;

  • 03 unidades de fossa séptica biodigestora;

  • 03 unidades de cultivo protegido e captação de água da chuva;

As atividades previstas no projeto são:

  • Realização de 15 Dias Especiais nas unidades;

  • Realização de 5 cursos temáticos;

  • Realização de 5 oficinas, e;

  • Assistência Técnica nas unidades de referência.

Foi apresentado o Termo de Compromisso com os beneficiários, o que compreende cuidados com os equipamentos e insumos, assim como disponibilização do espaço para realização de Dias de Campo, formações e capacitações, que foi seguido de apresentação dos representantes das famílias beneficiárias e assinatura dos Termos.



No turno da tarde, foi realizado em formato de mutirão a entrega dos insumos e equipamentos aos beneficiários e que gradativamente serão implantados em suas unidades de produção.

Dentre os 15 kits, 02 foram destinados a famílias que participam da Rede Bem Viver.



Por Assessoria de Comunicação.

70 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page