Sobre

A Rede Bem Viver é  alicerçada no termo ameríndio “sumak kawsay" (quéchua) ou "nhandereko" (guarani) como uma oportunidade para construir coletivamente a cultura do Bem Viver. Isto representa o desenvolvimento social integrado à Natureza, por meio da relação entre camponeses e consumidores, que retroalimentam práticas sinérgicas, recriando a rede progressivamente.

Coordenada pelo MPA, a Rede Bem Viver é tecida em parceria com diversas organizações representativas da agricultura familiar e camponesa, coletivos urbanos, instituições fomento, ensino e pesquisa, com pessoas que assumem militância para alimentação saudável e a soberania alimentar por meio de práticas de relacionamento direto entre produtores e consumidores (coprodutores);

8315220300_cae252f110_o.jpg

Somos ao todo 140 famílias camponesas, de diversos cantinhos do Espírito Santo, com a missão de comercializar alimentos saudáveis e promover relações de cooperação entre campo e cidade.

Alimento saudável em todas as mesas.